Profitec/ junho 18, 2019/ Cursos

São muitos os cursos preparatórios para estudantes que desejam fazer as provas dos vestibulinhos. É interessante participar desses cursos para aprender dicas e reforçar o conteúdo que foi aprendido na escola. Você conhece o curso Extensivo?

Os cursinhos são, muitas vezes, uma extensão da própria escola, já que podem detalhar melhor as disciplinas e até apresentar alguns assuntos que não foram contemplados no colégio ou não foram aprofundados o suficiente.

Neste artigo, falaremos de curso Extensivo e Semi, abordando as principais diferenças entre ambos!

O curso Extensivo

O curso Extensivo é aquele que dura o ano todo. Esse curso tem métodos de ensino diferenciados, abrangendo a 99,9% dos assuntos que costumam cair nos exames. O tempo também é bem distribuído na abordagem das matérias.

Os professores procuram aplicar técnicas específicas e o ritmo é mais lento, isto é, o ensino é mais detalhado que em cursos intensivos, nos quais o tempo é mais curto.

Uma vantagem dos cursos extensivos é que eles podem oferecer mais tempo de auxílio aos seus alunos, uma vez que eles podem se organizar melhor entre escola e cursinho.

O curso Semi

Esse curso é um meio-termo entre o extensivo e o intensivo. Em geral, ele apresenta pouco mais da metade da carga horária do curso extensivo. Como os preparatórios começam no início do ano (geralmente em março), o Sem, dá a oportunidade de estudar e se preparar para o processo seletivo aos estudantes que perderam a oportunidades de entrar no curso mais extenso.

O programa de um curso Semi é o próximo daquele de um curso Extensivo. A diferença está no tempo dispendido para passar o assunto.

Uma comparação entre os dois

Vale a pena fazer uma comparação das diferenças entre os dois cursos, tomando como base alguns pontos que foram registrados acima.

O período de duração

O curso Semi é menos longo que o extensivo. Se o último começa em março e termina em dezembro, o outro começa em agosto e conclui também em dezembro.

Duas aulas no Extensivo correspondem, em média, a apenas uma aula no Semi (o primeiro é, em geral, o dobro do segundo).

O público-alvo

O curso Extensivo oferece uma preparação mais completa, sendo indicado para todos os estudantes que almejam passar em cursos mais difíceis. Também é recomendado para os candidatos que tem mais dificuldade, não gostem de mais pressão num período mais curto ou que não mantiveram um ritmo regular de estudo por conta própria.

O Semi destina-se, principalmente, aos candidatos que já fizeram um preparatório anteriormente ou que já venham estudando por conta própria. O fato de ainda terem o conteúdo mais fresco na memória faz dessa opção uma boa alternativa.

Os custos

A preparação oferecida pelo curso Semi costuma custar menos do que o curso mais longo. É uma boa opção para quem deseja, a rapidez e uma relativa economia.

O ritmo de estudo em casa

Apesar de ser um curso rápido, o Semi pode exigir mais dedicação do estudante em casa, já que ele tem menos tempo para estudar do que no curso Extensivo.

De qualquer modo, em ambos os cursos, o aluno deve complementar o aprendizado e a preparação estudando em casa.

Essas são as principais diferenças entre um curso Extensivo e um curso Semi, suas vantagens e limitações.

Qual deles você prefere? Está se preparando para a ETEC ou outro vestibulinho? Saiba mais sobre a Profitec, especializada em cursos preparatórios para as escolas técnicas gratuitas. Siga a página da empresa no Facebook — e convide seus colegas para fazerem o mesmo!

Share this Post

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.